Campeonato Paulista

Ponte Preta e Ferroviária empatam pelo Campeonato Paulista

Agora, o grupo A tem o Santos na frente com 11 pontos, o Água Santa na sequência com oito e a Ponte em terceiro, com sete

22/02/2020 22h54
Por: Redação EF
283
Foto:PontePress/ÁlvaroJr
Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta saiu atrás, pressionou, teve pênalti não marcado e  acabou ficando com um a mais no final do primeiro tempo, após uma entrada violenta em Roger. No segundo tempo, pressionou, empatou com gol do mesmo Roger – cobrando pênalti recebido por Safira – e fez uma verdadeira blitz sobre a Ferroviária, só não empatando graças a ótimas defesas do goleiro adversário. No final, o placar terminou em 1 a 1 e, como o Água Santa ganhou do Corinthians hoje mais cedo, acabou ultrapassando a Macaca na chave.

Agora, o grupo A tem o Santos na frente com 11 pontos, o Água Santa na sequência com oito e a Ponte em terceiro, com sete.  O time, que hoje foi comandado pelo interino Fábio Moreno, volta a jogar pelo Paulistão na tarde de domingo, 1º de março, contra o São Paulo na capital. Antes disso, porém, já sob o comando de João Brigatti a alvinegra tentará vencer o Vila Nova para seguir em frente na Copa do Brasil, em desafio marcado para às 21h30 de quinta-feira (27), no Majestoso.

O jogo:

A Ponte começou indo para cima e já aos 20 segundos teve a primeira chance, com Roger pegando a bola da defesa adversária e mandando para Saraiva na área,mas o atacante não alcançou por pouco para cabecear e balançar as redes. Na sequência, Lazaroni e Apodi também chegaram ao campo de defesa do adversário, mas a zaga adversária impediu a conclusão.

Aos quatro, Bruno Rodrigues fez boa jogada e foi parado com entrada forte na intermediária, mas o juiz não anotou a falta. Aos oito e meio, porém, quem chegou ao gol foi a Ferroviária: em cobrança de lateral, Mazinho desviou de cabeça e a bola sobrou para Henan chutar para dentro das redes, sem chance para Ivan.

Aos 16, Lazaroni cruzou na área, após receber a bola de João Paulo, mas a bola resvalou na zaga da Ferroviária e acabou nas mãos do goleiro Saulo. Aos 24, a Macaca teve boa chance de empatar: Felipe Saraiva fez grande jogada individual e rolou para João Paulo. O meia alvinegro bateu cruzado e a bola passou raspando a trave. A Ponte começou a explorar melhor os contrataques e, no minuto seguinte, Saraiva recebeu pela esquerda, cortou para dentro, e foi travado bem na hora do chute.

Aos 34, Roger recebeu ótimo passe e avançou sozinho para a área, mas foi calçado de maneira faltosa por Élton, que era o último homem e recebeu o cartão vermelho pela jogada. Na cobrança da falta, João Paulo carimbou a barreira. Com um a menos, a Ferroviária começou a ganhar tempo em praticamente todos os lances, demorando para repor e ficando no chão pelo maior tempo possível a cada pequeno encontrão em campo – o goleiro adversário, em especial, utilizava o recurso continuamente.

Próximo aos 40, Roger teve boa chance e foi puxado dentro da área, em pênalti claro não anotado pelo juiz. O holeiro Saulo ainda permaneceu quase três minutos deitado no chão, atendido pelo massagista.

No segundo tempo, a Ponte veio com tudo e começou uma verdadeira blitz contra o oponente, com destaque para a atuação de Safira, que substituiu Bruno Marques. Aos seis, Saraiva fez boa jogada pela esquerda e, no cruzamento, a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 11, Saraiva arriscou mais uma vez de fora, mas Saulo defendeu. No rebote, João Paulo cruzou para o meio da área, mas a zaga conseguiu colocar a bola para fora.

Aos 16, após lançamento para a área, a bola ficou solta e Safira chegou para aproveitar a sobra, mas foi atingido de carrinho nas pernas pela zaga adversária. Roger cobrou com classe e empatou, aos 16. Aos 19, Tony cobrou falta para dentro da área e Patrick acertou um belo chute. Boa defesa de Ivan. No minuto seguinte, contrataque rápido da Ponte, mas Roger não conseguiu concluir.

Aos 23, João Paulo chutou de longe e Saulo defende em dois tempos. Aos 33, em cobrança de escanteio, Dawhan ganhou de cabeça da zaga, mas jogou por cima do gol. Dois minutos depois, Lazaroni mandou um canhão para o gol, mas Saulo deu uma ponte para salvar. Aos 43, o arqueiro adversário fez um milagre evitando a virada. Roger jogou para o meio da área e a bola sobrou para Safira, que, sozinho, encaixou grande chute, para linda defesa de Saulo. Na sequência, Dawhan emendou outro petardo e o goleiro fez mais uma defesa impossível.

Aos 47, Roger buscou a jogada de fora da área e conseguiu cruzamento na cabeça de Safira, que mandou com força no lugar certo, mas  Saulo, mais uma vez, se esticou todo e afastou o perigo. Fim de jogo: 1 a 1.

Ficha de jogo

Ponte Preta: Ivan, Apodi (Mateus Anderson), Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Guilherme Lazaroni (Yuri); Dawhan, Bruno Reis e João Paulo; Felipe Saraiva, Bruno Rodrigues e Roger. Técnico interino: Fábio Moreno.

Ferroviária: Saulo, Lucas Mendes, Patrick Marcelino, Elton e Bruno Recife; Mazinho, Claudinho (Karl), Tony e Felipe Ferreira; Henan (William) e Hygor. Técnico: Sérgio Soares

Gols: Henan, aos oito e meio do primeiro tempo; Roger, aos 16 do segundo

Arbitragem: Marcio Henrique de Gois apitou, com Neuza Inês Back e Bruno Silva de Jesus como assistentes. O quarto árbitro foi Adriano de Assis Miranda e a avaliadora de campo, Silvia Regina de Oliveira.

Cartões amarelos: Tony (Ferroviária), Apodi (Ponte)

Cartão vermelho: Élton

Renda - 37.160,00

Público total - 2103

Público pagante - 1878

Público não pagante - 225

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 22h01
25°
Muitas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 22°
25°

Sensação

17 km/h

Vento

77.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas