Vôlei

Civitanova vence o Sada Cruzeiro e é campeão do mundo

O levantador Bruninho e o ponteiro Leal, ambos jogadores da seleção brasileira, venceram o Campeonato Mundial de clubes com o Lube Civitanova, da Itália

Vôlei

VôleiNotícias sobre o acontece no mundo do Vôlei

08/12/2019 20h58
Por: Robson Silva
180
Créditos: Divulgação/FIVB
Créditos: Divulgação/FIVB

Tem dupla brasileira campeã do mundo no voleibol masculino. O levantador Bruninho e o ponteiro Leal, ambos jogadores da seleção brasileira, venceram o Campeonato Mundial de clubes com o Lube Civitanova, da Itália, que, na final deste domingo (08.12) levou a melhor sobre o Sada Cruzeiro (MG). O time italiano venceu o representante brasileiro por 3 sets a 1 (25/23, 19/25, 31/29 e 25/21), no ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

Apesar do resultado negativo do seu time, o ponteiro Facundo Conte foi o maior pontuador da partida, com 21 acertos (18 de ataque, dois de bloqueio e um de saque). Pelo Civitanova, os ponteiros Juantorena e Leal foram os jogadores que mais pontuaram, com 20 acertos cada um.

Leal, que representou o time mineiro por seis temporadas, fez questão de elogiar o agora adversário. “O Sada Cruzeiro fez uma grande partida. Eles jogaram bem, colocaram uma boa pressão sobre nós, mas a qualidade de nossos jogadores prevaleceu. Nós merecíamos essa grande vitória”, disse Leal.

Bruninho agradeceu pela semana mágica vivida em Betim. “Estou muito feliz porque tive o apoio da minha família nesta semana, a minha mãe, o meu pai, a minha irmã e amigos vieram. Conseguir vencer em casa, em Minas Gerais, um dos estados que mais amam o voleibol, é muito especial. Recebemos um carinho muito bacana, acredito que pela seleção, já que sempre que estive aqui foi como adversário do Sada Cruzeiro”, comentou o levantador.

Do lado do Sada Cruzeiro, o oposto Evandro, um dos principais jogadores da equipe ao longo de todo o campeonato, fez questão e enaltecer a conquista do vice-campeonato.

“Fizemos um bom jogo, conseguimos fazer frente a eles no primeiro set, no segundo nós jogamos muito bem, no terceiro nós tínhamos tudo para fechar, acabamos perdendo em detalhe, e no quarto set eles jogaram soltos. O nosso time foi até o limite, foi bonito jogar hoje, foi gostoso. Eu estou triste sim, mas eu não saio daqui de cabeça baixa. Estou triste porque eu sei que dava para ganhar. E estou feliz pela doação de todo mundo, pelo campeonato que fizemos e pelo que apresentamos”, afirmou Evandro.

O Brasil esteve representado na seleção do campeonato com Bruninho, eleito o melhor levantador, e Evandro, o melhor oposto. As demais posições ficaram com Simon, do Civitanova, e Volvich, do Zenit Kazan, entre os centrais; Juantorena, do time italiano, e Facundo Conte, da equipe brasileira, entre os ponteiros, e o melhor líbero foi Balasso, também do Civitanova.

O capitão da seleção brasileira e levantador do time campeão, Bruninho, foi premiado com o título de melhor jogador do Campeonato Mundial de Clubes, mas passou a premiação ao ponteiro Leal, seu companheiro de time e na equipe verde e amarela.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 23h31
26°
Poucas nuvens Máxima: 38° - Mínima: 22°
28°

Sensação

19.2 km/h

Vento

79.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas