Sábado, 28 de Maio de 2022
20°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Superliga Feminina de Vôlei Vôlei

Casa do Osasco São Cristóvão Saúde recebe o Jogo das Estrelas neste sábado (14)

Ginásio José Liberatti será palco do evento promovido pelo ex-líbero Serginho, que vai reunir grandes nomes de diferentes gerações do esporte. O técnico Luizomar e as atletas Fabiana e Camila Brait marcam presença na partida que começa às 19h, com transmissão do Sportv

14/05/2022 às 20h55
Por: Redação EF
Compartilhe:
Liberatti vai ter casa cheia (Divulgação)
Liberatti vai ter casa cheia (Divulgação)

Tempo do vôlei feminino nacional, o José Liberatti vai viver mais uma noite de arquibancadas lotadas neste sábado (14). A equipe do Osasco São Cristóvão Saúde e prefeitura abriram as portas do ginásio para receber a segunda edição do Jogo das Estrelas, organizado por Serginho, considerado o maior líbero da história do vôlei. O evento está com ingressos esgotados (trocados por alimento não perecível), e terá transmissão para todo o Brasil pelo Sportv, a partir de 19h.

“É um enorme prazer receber o Serginho, meu grande amigo e irmão, juntamente com tantos craques do nosso esporte. Tenho certeza que será uma linda festa para o voleibol e acredito que não existe um lugar melhor que o Liberatti para isso. O nosso ginásio respira vôlei. É a casa do Osasco São Cristóvão Saúde e do vôlei”, afirma o técnico Luizomar, que vai comandar uma das equipes. “Reunir toda essa turma que fez história no nosso esporte é motivo de muita satisfação para nós. Esperamos uma grande festa neste sábado, em Osasco”, comemorou Serginho.

A turma reunida por Serginho é de peso. Conta com nomes de diferentes gerações, como Anderson, Gilsão, Rodrigão, Gustavo, André Heller, Bruninho, Maurício Lima, Giovane, William Carvalho, Dante, Kid, entre tantos outros que fizeram história. As representantes do feminino não deixam por menos. Além das representes da casa, Fabiana e Camila Brait, o evento terá Fofão, Jaqueline, Fabi, Ana Flavia entre outras atletas.

O jogo das Estrelas celebra a reinauguração do Instituto Serginho10 em Pirituba,  tradicional bairro da Zona Norte paulistana. “Estou muito feliz em dar sequência a esse trabalho lindo, agora em Pirituba, onde tudo começou. Nosso trabalho no Instituto é fundamental para mudar a realidade de muita gente. Mas tudo isso só pode acontecer por conta de todo apoio que recebi e agradeço muito a todos que sempre estiveram do nosso lado. Agora é seguir em frente com força total”, falou Serginho.

Este é o segundo passo do projeto que começou em 2019 na cidade de Guarulhos, na grande São Paulo, e já atendeu 263 pessoas com aulas de vôlei, além do reforço de  disciplinas como português e inglês. Além disso, Serginho conseguiu atuar durante a pandemia com a arrecadação de mais de quatro toneladas de alimentos para a comunidade local. Antigo sonho de Serginho, o Instituto foi uma maneira que ele encontrou de devolver para a sociedade tudo o que o vôlei lhe proporcionou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias