Sábado, 28 de Maio de 2022
20°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Fórmula 4 F4 Brasil

Piloto da APBF conquista primeira pole position da história da F4 Brasil

Associação de Pilotos fecha as duas primeiras filas para a prova do fim de semana

14/05/2022 às 20h42
Por: Redação EF
Compartilhe:
Pedro Clerot conquita a primeira pole position da história da F4 Brasil (Luca Bassani/RF1)
Pedro Clerot conquita a primeira pole position da história da F4 Brasil (Luca Bassani/RF1)

A primeira classificação da história do Campeonato Brasileiro de Fórmula 4 foi realizada nesta sexta-feira (13) e a Associação de Pilotos Brasileiros de Fórmula (APBF) foram protagonistas, fechando as duas primeiras fileiras para o fim de semana.

Pedro Clerot cravou as duas voltas mais rápidas do treino classificatório, Lucas Staico, que liderou boa parte da sessão, foi o segundo, Ricardo Gracia colocou o terceiro tempo, seguido de Nicholas Monteiro, que ficou com o quarto tempo.

A sexta colocação foi de Nic Giaffone e a sétima de Aurelia Nobels, bem como o oitavo melhor tempo foi de Lucca Zucchini e o nono de Nelson Neto. Fechando a quinta fila, Tessaro fez o tempo de 1min28s581, colocando-se na décima posição.

Confira o que comentaram os pilotos

"Consegui uma volta muito boa nos segundos finais do treino, talvez uma das melhores da minha carreira. Muito feliz em ser o primeiro pole position da história da F4 Brasil. É um resultado importante, mas temos que focar nas corridas de amanhã e de domingo", disse Clerot

"Acabei liderando até praticamente a última volta do classificatório e eu senti que viramos muito rápido no começo e depois eu senti que não consegui melhorar o tempo. O Clerot veio melhorando até o final, mas foi uma classificação muito boa e disputando, então a prova amanhã vai ser bem equilibrada e estou animado", afirmou Staico.

"O terceiro lugar para quem nunca andou nessa pista acaba sendo um bom resultado para mim. A classificação poderia até ter sido melhor, mas tive um problema de comunicação no rádio com a equipe e o que importa é amanhã para a corrida. Eu acho que a briga será entre os três primeiros e estou confiante para amanhã. Essa pista é bem abrasiva, até mais do que eu peguei na F4 Espanha em Barcelona, então desgasta bastante os pneus traseiros, mas vamos com tudo", disse Ricardinho Gracia.

"Conseguimos corrigir os problemas e começamos o trabalho do zero. A evolução durante o dia foi muito boa, pois iniciamos com a 12ª posição e terminamos o dia com o sexto lugar com um carro que conhecemos ontem. Estou super satisfeito neste momento, pois é um carro que eu quero melhorar ainda mais no futuro. Estava bem concentrado e acho que extraí o meu máximo hoje. Espero me aproximar dos três pilotos que tem mais experiência com o carro", avaliou Nic Giaffone.

"Os treinos foram muito bons. Eu sei que estou rápida e competitiva. A classificação não foi como eu esperava, mas tenho certeza de que amanhã faremos um ótimo trabalho com a equipe. Vou dar o meu máximo e passar todos esses meninos e mostrar que, talvez, eu não tenha ido tão bem na classificação, mas que, amanhã, darei meu máximo", declarou Aurelia.

"Minha classificação acabou sendo um pouco prejudicada por eu não ter encaixado os setores. Eu podia ter conseguido o quarto lugar, mas vou acabar largando de P8, porém eu acho que teremos um ritmo melhor de corrida do que apresentação na classificação e acho que posso evoluir com a minha cabeça nas corridas. É a primeira vez que estou guiando o F4 nessa semana, então eu tenho que ir me acertando com o carro e entendendo ele melhor, mas no geral eu estou evoluindo bem ao longo do final de semana", afirmou Zucchini.

"Em termos gerais foi o melhor tempo do final de semana nosso. Foi a segunda vez que passei pneu e faltou encaixar trecho para tentar quem sabe um sexto lugar. Do quinto até o nono são três décimos de diferença e acredito que a velocidade desse pelotão está igual, então vamos brigar por isso. Espero evoluir ao máximo e cada vez ir mais para a frente", disse Nelson Neto.

"A gente teve algumas dificuldades na classificação, fomos P10 e tomamos bastante tempo porque arriscamos em uma mexida técnica no carro que não funcionou muito bem, então para amanhã já vamos voltar com acerto anterior para a primeira corrida e ver o que acontece. Eu não estou muito contente com o resultado, mas espero que amanhã na primeira corrida dê tudo certo e a gente consiga recuperar posições", comentou Tessaro.

"A classificação foi difícil, demorou um pouco para virar, pois estava frio, mas as chances são grandes para amanhã, então vamos para cima conquistar boas posições", disse Nicholas Monteiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias