Sábado, 28 de Maio de 2022
21°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Copa do Brasil Copa do Brasil

Athletico-PR goleia o Tocantinópolis-TO e se classifica para as oitavas de final da Copa do Brasil

Rubro-Negro venceu por 4 a 0, na Arena da Baixada

10/05/2022 às 23h50 Atualizada em 11/05/2022 às 00h27
Por: Redação EF
Compartilhe:
Foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br
Foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br

O Athletico-PR goleou o Tocantinópolis-TO por 4 a 0 na noite desta terça-feira (10), na Arena da Baixada, em Curitiba, no confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Pablo, duas vezes, Hugo Moura e Khellven assinalaram os gols do Rubro-Negro.

Classificado, o Athletico aguarda o sorteio para saber o adversário das oitavas de final - a data ainda não foi divulgada pela CBF. Já os jogos estão previstos para 26 de junho e 13 de julho. Enquanto isso, o Furacão tem uma maratona de partidas pela Libertadores e Série A.

Com a classificação, o time rubro-negro garantiu R$ 3 milhões em premiação e aguarda o sorteio para saber o adversário das oitavas de final.

Agora, o Athletico volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No sábado, a equipe enfrenta o Fluminense no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Já o Tocantinópolis, pela Série D,, recebe o Moto Club, do Maranhão.

O JOGO

O Furacão trouxe para seus domínios uma grande vantagem no duelo da ida. No entanto, a equipe não abdicou do ataque no primeiro tempo e pressionou, mas, apenas aos 19 veio a primeira grande chance, em chute de Pedro Rocha que Jefferson defendeu. Porém, na altura dos 26 minutos, Cuello recebeu de Marlos, finalizou, o goleiro rebateu e Hugo Moura estufou as redes com uma pancada.

O Athletico-PR seguiu rondando o ataque. Pedro Rocha acertou a trave, aos 29 minutos, e Marlos finalizou de longe próximo à trave aos 38. Até que aos 39, Khellven pegou uma sobra de bola na área, encheu o pé e ampliou. Na sequência, aos 44 minutos, Pablo recuperou a bola no ataque, ajeitou e bateu rasteirinho para fazer o terceiro gol paranaense.

No segundo tempo, o Furacão seguiu com o volume de jogo no início, e logo aos nove minutos, Marlos tocou para Khellven, que levantou na medida para Pablo, ele cabeceou com estilo para o fundo das redes. O Rubro-Negro quase ampliou aos 15, em falta cobrada por Cuello que desviou na barreira e Jefferson espalmou.

A partir da metade da etapa final, e com um placar muito vantajoso, o Athletico diminuiu o ritmo e começou a controlar mais a posse de bola. Já o Verdão do Norte tentou arriscar alguns lances, como em finalização de Alan Maia da intermediária que Bento defendeu, porém não marcou e o Furacão avançou de fase.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias