Sábado, 28 de Maio de 2022
21°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Tênis Masters 1000

Melo e Karatsev param na estreia no Masters 1000 de Roma, na Itália

Adversários foram os italianos Bolelli e Fognini, jogando com o apoio da torcida, no Foro Italico, nesta terça-feira (10)

10/05/2022 às 18h45
Por: Redação EF
Compartilhe:
Marcelo jogou pela 11ª vez em Roma (Divulgação)
Marcelo jogou pela 11ª vez em Roma (Divulgação)

Em mais um jogo decidido no match tie-break, o mineiro Marcelo Melo parou na estreia no Masters 1000 de Roma, formando parceria com o russo Aslan Karatsev na Itália. Nesta terça-feira (10), os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, dupla da casa que contou com o apoio da torcida no Foro Italico, marcaram 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 10-1, em 1h20min. O torneio dá sequência à temporada europeia no saibro, que segue até Roland Garros, Grand Slam que será disputado em Paris, na França, a partir do dia 22.

No primeiro set, os italianos, após salvarem quatro break points no game inicial, conseguiram a quebra em seguida, fazendo 2/0 e, mantendo a vantagem, chegaram a 5/2. Com mais um break, no oitavo game, fecharam em 6/2. A reação de Melo e Karatsev veio no segundo set. Quebraram primeiro, marcando 2/1, e viram os adversários devolverem o break na sequência, deixando tudo igual, 2/2. Mas, com nova quebra passaram à frente, 4/3, e venceram por 6/4. A definição do jogo foi para o match tie-break - assim como na semana passada, no Masters 1000 de Madri, na Espanha. E aí os italianos dominaram, ganhando por 10-1 para seguir no torneio em Roma.

Foi a 11ª participação de Melo - que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio da Volvo, Head, Voss, Asics e Confederação Brasileira de Tênis - em Roma. No ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira (9) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo está em 43º lugar, com 1.988 pontos.

Nove vitórias em 2022 – Na temporada 2022, o mineiro Marcelo Melo soma nove vitórias. Com o croata Ivan Dodig ganhou cinco jogos nos dois ATP 250 de Adelaide, um no Australian Open e um no Masters 1000 de Miami. Com Zverev, Melo tem duas vitórias em Monte Carlo.

Recordista em títulos, participações em Grand Slam, ATP Finals e semanas no topo do ranking - Marcelo Melo é recordista brasileiro em número de títulos, 35 conquistas, ao lado do também mineiro Bruno Soares. Dos títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de nove ATP 500 e 15 ATP 250. Tem o recorde, também, em semanas no topo do ranking da ATP – 56, único brasileiro na história a ser número 1 do mundo em duplas. E esteve entre os Top 10 por oito temporadas seguidas. É recordista em participações em Grand Slam, com 58 edições até o Australian Open 2022 e em presença no ATP Finals – completou oito seguidas em 2020. Em 2019 chegou a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título de Marcelo em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias