Sábado, 29 de Janeiro de 2022
32°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Tênis WTA 500

Bia Haddad bate favoritas nas duplas em Sydney e busca maior título da carreira

Ao lado da casaque Anna Danilina, ela superou o favoritismo das japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, cabeças de chave 2, em uma apertada vitória por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 6/7 (2/7) e 10 a 6 no match tie-break.

14/01/2022 às 15h20
Por: Redação EF Fonte: Estadão Conteudo
Compartilhe:
Foto: Jimmie48 Tennis Photography
Foto: Jimmie48 Tennis Photography

A grande campanha da brasileira Beatriz Haddad Maia na chave de duplas no WTA 500 de Sydney, na Austrália, ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira com a vitória nas semifinais. Ao lado da casaque Anna Danilina, ela superou o favoritismo das japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, cabeças de chave 2, em uma apertada vitória por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 6/7 (2/7) e 10 a 6 no match tie-break.

Duas vezes campeã de duplas no WTA 250 de Bogotá, na Colômbia, a tenista paulista vai em busca de seu maior título da carreira até então. Bia Haddad e Danilina enfrentarão na final a alemã Vivian Heisen e a húngara Pana Udvardy, que na outra semifinal passaram sem grandes sustos pelas chinesas Yfan Xu e Zhaoxuan Zhang com parciais de 6/2 e 6/3, em pouco mais de uma hora de jogo.

Bia Haddad e Danilina foram bem com o saque no primeiro set e não cederam uma chance sequer de quebra às rivais. Do outro lado, as japonesas tiveram problemas em dois games, salvaram dois break-points no terceiro e encararam mais um no quinto, quando acabaram levando a quebra que definiu a parcial.

O segundo set foi de oscilações, primeiro com Aoyama e Shibahara abrindo 5/2 e sacando para empatar o jogo em 5/3, quando foram quebradas. A brasileira e a casaque então tiveram uma arrancada e com mais um break chegaram a sacar 6/5, mas também não conseguiram fechar e a decisão foi para o match tie-break.

A partida foi definida no match tie-break, que não poderia começar melhor para Bia Haddad e Danilina, que venceram os quatro primeiros pontos. Porém, elas chegaram a perder a vantagem e viram as japonesas empatarem em 6 a 6, até que dominaram as ações na reta final e com quatro pontos seguidos selaram a vitória.

Na chave de simples, a primeira semifinal não poderia ter sido mais movimentada do que foi o duelo entre Barbora Krejcikova e Anett Kontaviet, respectivamente cabeças de chave 3 e 4. Atual campeã de Roland Garros, a checa saiu do buraco após levar um "pneu" no primeiro set e salvou sete match-points na virada para cima da estoniana, fechando o jogo com parciais de 0/6, 6/4 e 7/6 (14/12).

Depois de gastar 2 horas e 30 minutos para superar um duelo bastante complicado e assim se garantir na final, Krejcikova terá pela frente a espanhola Paula Badosa, quinta pré-classificada e número 9 do mundo, que bateu a russa Daria Kasatkina com um duplo 6/2, após 1 hora e 15 minutos. A checa perdeu os dois confrontos anteriores contra Badosa.

ADELAIDE - A decisão do WTA 250 de Adelaide, também em solo australiano, será toda de tenistas dos Estados Unidos. Na primeira semifinal, a americana Madison Keys derrotou de virada a compatriota Coco Gauff, cabeça de chave número 3, por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/2 e 7/5. Sua rival será Alison Riske, que nem precisou entrar em quadra por conta da desistência da eslovena Tamara Zidansek, quarta pré-classificada, por lesão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Água Fria - BA Atualizado às 10h35 - Fonte: ClimaTempo
32°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 36°

Dom 35°C 22°C
Seg 36°C 21°C
Ter 36°C 21°C
Qua 37°C 21°C
Qui 33°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias