Quarta, 22 de Setembro de 2021
19°

Poucas nuvens

Água Fria - BA

Brasileiro Série A Série A

Bahia empata com Santos na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Tricolor somou 22 pontos e assumiu, neste momento, o 15º lugar

11/09/2021 às 23h20
Por: Redação EF
Compartilhe:
Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia
Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia

O Bahia empatou com o Santos em 0 a 0, na noite deste sábado (11), na Vila Belmiro, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor fez bom primeiro tempo, perdeu muitos gols, mas não conseguiu manter o desempenho na segunda etapa. 

Com o resultado, o Bahia chegou aos 22 pontos e ficou na 15ª colocação na tabela da Série A, apenas um na frente do América-MG, que abre a zona de rebaixamento. Já o Santos roubou a 13ª posição do Juventude com 23.

O Bahia volta ao gramado no próximo sábado (18), às 21h, para receber a visita do Red Bull Bragantino, em Pituaçu, pela 21ª rodada. No mesmo dia e horário, o Santos encara o Ceará, na Arena Castelão.

O JOGO

Antes de o relógio dar uma volta completa, o Bahia já mostrou força ofensiva com o meia Lucas Mugni, que arriscou chute de fora da área e obrigou João Paulo a saltar para defender. Parecia indício de que viria por aí um jogo aberto, interessante, com o Bahia escalado de maneira agressiva. Mas foi engano. O time logo entregou a bola ao Santos e postou-se de forma conservadora para tentar explorar os contra-ataques. E, assim, nada de importante aconteceu na partida até os 25 minutos.

Foi quando, numa primeira boa investida em contra-ataque, Rodallega deixou Gilberto na cara do gol, mas ele errou feio na hora do chute. Aí, iniciou-se uma série de boas chegadas do Tricolor.

Aos 26, o estreante Isnaldo levou a bola da esquerda para o meio e bateu da entrada da área. João Paulo tocou com a ponta dos dedos, mas o árbitro não viu e marcou tiro de meta. Dois minutos depois, uma pequena blitz. Rodallega acionou Nino pela direita, e ele cruzou para Gilberto falhar novamente ao tentar finalizar. Na sequência, o camisa 9 foi bem na tabela com Rodallega, que colocou João Paulo para trabalhar em batida de fora.

O gás acabou ali, o que significou uma boa oportunidade de sair para o intervalo com vantagem parcial, afinal, o primeiro tempo terminou com oito finalizações do Bahia e nenhuma do Santos, que estreava o técnico Fábio Carille, conhecido pela dificuldade em trabalhar a parte ofensiva de suas equipes.

A sensação de que o Esquadrão perdeu o seu momento no jogo aumentou no início do segundo tempo, quando o Peixe finalmente acordou para a vida. Não só conseguiu suas primeiras finalizações na partida como levou muito perigo. Aos sete minutos, Sánchez cobrou falta em posição lateral, Claus tocou nela e a bola explodiu no travessão. Aos 14, Pirani cruzou rasteiro e Marcos Guilherme completou de primeira. Passou raspando.

O Bahia só respondeu aos 27, quando o criticado Óscar Ruiz deu mais motivos para a torcida reclamar dele. Lançado em boa posição, chutou mal e foi sacado logo em seguida. Três minutos depois, Marinho, que, em litígio com a diretoria do Santos, só entrou no segundo tempo, pegou uma boa sobra, mas bateu torto, para fora.

As últimas tentativas do Esquadrão foram com Rodallega, que errou ao tentar chutaço aos 40 e acertou no cruzamento para Rodriguinho aos 48. Aí, foi o camisa 10 que falhou.

FICHA TÉCNICA

Santos 0x0 Bahia

Campeonato Brasileiro - 20ª rodada

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 11/09/2021 (sábado)

Horário: 21h

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos de MG)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Lucas Braga ( Santos) / Isnaldo, Raniele, Nino Paraíba, Conti (Bahia)

Santos: João Paulo; Pará, Robson (Danilo Boza), Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Camacho, Carlos Sánchez e Gabriel Pirani (Jean Mota); Marcos Guilherme (Marinho), Lucas Braga e Léo Baptistão (Raniel). Técnico: Fábio Carille.

Bahia: Mateus Claus; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo (Patrick), Mugni (Matheus Bahia), Óscar Ruiz (Luizão) e Isnaldo (Raniele); Rodallega e Gilberto (Rodriguinho). Técnico: Diego Dabove.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias