Sábado, 28 de Maio de 2022
22°

Pancada de chuva

Água Fria - BA

Bastidores CBF

Importante: Justiça volta a negar pedido de indenização da CBF contra presidente Martorelli

Nesta terça-feira (27 de julho), o Tribunal confirmou a decisão e negou apelação em recurso movido pela entidade organizadora das competições nacionais.

29/07/2021 às 21h18
Por: Redação EF
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (8ª Câmara de Direito Privado) voltou a julgar improcedente o pedido de indenização da CBF em ação movida contra o presidente do Sindicato de Atletas SP, Rinaldo Martorelli. 

A disputa judicial começou após entrevista de Martorelli ao apresentador Walter Casagrande Jr. no programa “GE Divide a Tela”, exibido em 28 de agosto de 2020. 

Na ocasião, o presidente do sindicato teceu críticas à postura da autora na conduta relacionada aos protocolos de segurança e demais questões relativas ao impacto da pandemia causada pelo COVID-19 no Campeonato Brasileiro de futebol, aos atletas e demais profissionais envolvidos. 

A primeira decisão aconteceu em 24 de fevereiro de 2021, quando o juiz Luiz Gustavo Esteves não somente negou o pedido da autora como condenou a CBF a pagar 10% de custas processuais e honorários advocatícios. 

 “A entrevista do requerido foi dada em momento muito sensível, na qual dados eram divulgados envolvendo a contaminação crescente de atletas em razão das competições realizadas pela autora e, como presidente do Sindicato, uma resposta à altura era esperada”, considerou o magistrado.

Por fim, ele encerrou o caso lembrando a importância da liberdade de expressão na luta de um representante sindical.

“Em conclusão, não se vislumbra a intenção do requerido em macular a imagem da autora nos fatos ora analisados, razão pela qual deve-se prestigiar e resguardar a liberdade de expressão, em especial, do principal representante do sindicato dos atletas em questão, sob pena de violação e afronta ao próprio sistema sindical”.

LEIA A PRIMEIRA DECISÃO

https://sindicatodeatletas.com.br/noticias/juridico/justica-nega-acao-da-cbf-contra-presidente-do-sindicato-e-condena-entidade-maxima-do-futebol.html

APELAÇÃO

Nesta terça-feira (27 de julho), o Tribunal confirmou a decisão e negou apelação em recurso movido pela entidade organizadora das competições nacionais.

LEIA A SEGUNDA DECISÃO

https://sindicatodeatletas.com.br/arquivos/veiculos/oficio_confederacao-brasileira-de-futebol-e-apelado-rinaldo-jose-martorelli.pdf

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias