Sábado, 23 de Janeiro de 2021 23:59
71 9 87051064
Bastidores Bastidores

Pesquisa aponta que 72% das crianças brasileiras não fizeram atividade física durante isolamento

Estudo ouviu 500 famílias entre setembro e início de outubro e serviu como base para a reformulação da Liga NESCAU, maior competição estudantil do Brasil, que passa a ser 100% digital em 2020 e espera atingir mais de 50 mil meninos e meninas

23/10/2020 21h29
274
Por: Redação EF
Liga vai reunir crianças e jovens entre 8 e 16 anos (Divulgação)
Liga vai reunir crianças e jovens entre 8 e 16 anos (Divulgação)

São Paulo (SP) - A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou recentemente um guia com orientações para pais e responsáveis com foco no estímulo à prática esportiva por crianças e adolescentes. As orientações chegam em um momento preocupante. Pesquisa realizada com 500 famílias, entre 29 de setembro a 01 de outubro aponta que 72% das crianças não  praticaram atividade física durante o período de isolamento em função da pandemia. Uma alternativa para mudar esse cenário é aliar tecnologia e diversão, com uma dose de competitividade para tirar meninos e meninas do sofá.

O estudo foi realizado pelo C.Lab, o laboratório interno de pesquisas da Nestlé, intitulado "As crianças e o isolamento social – Como a pandemia está impactando as crianças" e ajudou a balizar a reformulação da Liga NESCAU, competição estudantil que está se reinventando para driblar a pandemia e levar esporte para crianças e adolescentes 'presos' dentro de casa. Para se adaptar a nova realidade, será 100% digital em 2020, com expectativa de triplicar o número de participantes em 2019, que reuniu mais de 13 mil estudantes nos estados de São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Sul. 

A competição estudantil é destinada a meninos e meninas de 8 a 16 anos, será entre 10 de outubro e 12 de dezembro e as inscrições já estão abertas no site oficial do evento (https://www.liganescau.com.br/). Serão 15 modalidades, nove convencionais (atletismo, ballet, basquete, futebol, ginástica, judô, skate, vôlei e xadrez) e quatro adaptadas (ginástica, futebol, basquete e ballet), além de dois desafios que serão tanto individuais como para toda a família, com dança, futmesa, badminton, tênis de mesa, torcida em casa, boxe, bocha, entre outros.

Nescau fez sua pesquisa ouvindo membros de 500 famílias com crianças de 5 a 12 anos, de todo o Brasil. Foram entrevistadas pessoas das regiões Sudeste (41%); Nordeste (22%); Sul (20%); Centro-Oeste (10%) e Norte (6%), das classes AB (55%) e C (45%). Entre os principais sentimentos identificados nas crianças estão ansiedade (57%), tédio (53%), preguiça (38%) e solidão (22%). "Acreditamos que, ao propor atividades esportivas e lúdicas, com um propósito participativo e competitivo, vamos unir essa garotada, mesmo que, neste momento, virtualmente", acredita Abner Bezerra, Head de Marketing de NESCAU e Bebidas da Nestlé Brasil.

Outros dados coletados:

- 63% dos pais reconhecem que as crianças foram o grupo etário mais impactado pela ausência de atividades de entretenimento

- 64% relataram preocupação com a solidão dos filhos e 58% têm medo que o isolamento social traga impactos psicológicos mais duradouros para o desenvolvimento dos filhos 

- 59% acreditam que a falta de interação com amigos e familiares impactou a vida dos filhos

- 5 em cada 10 responsáveis se dizem muito preocupados com a saúde mental e física das crianças

- 73% das crianças realizavam alguma atividade física ou esporte antes da pandemia e agora este índice caiu para 28%

- 80% das famílias fizeram mais atividades juntas dentro de casa (ver filmes, séries e YouTube, brincar, atividades da escola e cozinhar) 

- 78% dos pais se sentiram mais próximos dos filhos

- 82% pretendem ter mais convívio diário mesmo após a flexibilização do confinamento

- 50% querem incluir ou aumentar as atividades físicas

A Liga digital e a tecnologia - Em função da impossibilidade de realizar disputas de forma presencial, a competição será por meio de atividades feitas em casa, nas quais os atletas gravam vídeos e enviam para análise. Os melhores avançam até a disputa do título, em dezembro. O acesso aos conteúdos se dá no site do evento, onde os participantes podem "circular" pela Vila NESCAU, espaço virtual onde estão todas as informações sobre cada modalidade.

Para isso, a tecnologia tem papel fundamental. A Vila Olímpica construída pela marca de achocolatados da Nestlé permite navegação em 3D e interatividade para toda a família. Para ser totalmente inclusiva, a plataforma possui uma interface adaptada para crianças com necessidades especiais, como conteúdo em libras e áudio descrição.

A Vila NESCAU concentra, ainda, uma série de conteúdos educacionais, como dicas de práticas esportivas, curiosidades e depoimentos dos embaixadores da marca: o ídolo do futsal Falcão; o jogador de basquete Yago; a ginasta Flávia Saraiva; a atacante Tandara do vôlei; a paratleta Verônica Hipólito e a nadadora Etiene Medeiros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Água Fria - BA
Atualizado às 23h57 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 34°

24° Sensação
11.1 km/h Vento
85.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Segunda (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias